Pantanal pede socorro II

Compartilhe com um amigo!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Corumbá (MS) – Na manhã desta segunda-feira (12), no bairro Nossa Sra. De Fatima, Corumbá, militares do 3° Grupamento de Bombeiros regataram um cachorro que estava com a cabeça presa na porta de grade da residência, de acordo com relatos do proprietário do imóvel e do cão, eles teriam tentado de várias formas retirar o animal preso, desde o uso da força e até com sabão.
Estressado com a situação e agressivo as equipes tiveram um pouco de dificuldade em lidar com o risco das mordidas do animal, para desvencilhar o animal foi utilizado um corta frio. O pet ficou aos cuidados do dono.

Corumbá (MS) – A manhã desta segunda-feira (12), foi uma manhã de susto para moradora do bairro Dom Bosco, Corumbá, de acordo com relatos ela estaria fazendo um faxina na varanda de sua casa, ao movimentar alguns moveis se deparou com uma sucuri de aproximadamente 1,80mt. que estava escondida na mobília da varanda.
Militares do 3° Grupamento de Bombeiros foram acionados para a captura do animal, a sucuri aparentemente sadia, não apresentava ferimentos e foi solta na mata nativa distante do perímetro urbano da cidade.

Corumbá (MS) – Ao longo deste final de semana estendido pelo feriado, a operação de combate, aos incêndios no Pantanal não pararam, Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná e Distrito Federal combateram as diferentes frentes dos focos de incêndios que estão em diversos pontos das quatro sub-regiões do Pantanal, que estão presentes nas cidades geminadas de Corumbá e Ladário.
Bombeiros Militar combate focos de incêndios próximo a nascentes, com o uso da técnica de fogo contra fogo área foi monitorada até o confinamento e queima total da carga de combustível vegetal.

Militares do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e DF somam esforços para conter o avanço das chamas na região pantaneira, com a confecção de aceiros, técnica de combate indireto e que auxilia no confinamento dos focos para sua extinção.

Militares dessa corporação estão ajudando no combate a incêndio florestal em nosso estado, mostrando que o espírito de cooperação e a ajuda ao próximo transcende divisões geográficas.

Data especial, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul congratula e reforça o agradecimento a essa nobre instituição aniversariante pelos relevantes serviços prestados à população e ao Meio Ambiente.
O Corpo de Bombeiros Militar do Paraná completa 108 anos de existência.

A seguir algumas declarações de experiencias vividas pelos Bombeiros Militar que estão atuando nos combates a incêndios na região pantaneira de Corumbá e Ladário.

Veja os vídeos exclusivos:

Deixe uma resposta