Recurso da senadora Soraya Thronicke para agricultura familiar de Ponta Porã é empenhado

Compartilhe!

A senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) comunicou o empenho de emenda parlamentar individual no valor de R$ 143,2 mil, feito na última semana, para a aquisição de estufas destinadas à produção de hortifrútis no Distrito Nova Itamarati, localizado no município de Ponta Porã (MS). “O recurso já foi empenhado e faz parte de uma solicitação antiga feita pelos produtores rurais do Nova Itamarati, onde são quase quatro mil pessoas que vivem da agricultura familiar. Espero que as estufas para a produção de hortifrútis possam agregar mais valor aos produtos cultivados por esses trabalhadores rurais”, destacou.

Soraya Thronicke reforça que é sempre uma satisfação destinar recursos para a agricultura familiar de Mato Grosso do Sul, pois se trata de uma atividade que ajuda a impulsionar a economia local. “Espero continuar ajudando, na medida do possível, a agricultura familiar do meu estado, que, em tempos de preservação ambiental, tem produzido produtos orgânicos e contribuído para levar esse novo conceito em que a agricultura caminha de braços dados com o meio ambiente”, pontuou a parlamentar sul-mato-grossense.

Segundo o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB), o município só tem a agradecer pelo trabalho da senadora Soraya Thronicke, tanto para a zona urbana, com emendas para obras de infraestrutura, quanto para a zona rural, com recursos para a agricultura familiar. “A senadora está de parabéns por tudo aquilo que tem feito por Ponta Porã e terá sempre a nossa eterna gratidão. A aquisição dessas estufas é inovadora, pois os pequenos produtores rurais do Nova Itamarati terão como produzir os hortifrútis durante o ano inteiro”, explicou.

Hélio Peluffo explica que a Prefeitura de Ponta Porã gasta anualmente mais de R$ 2 milhões com a compra da produção da agricultura familiar para abastecer a merenda escolar do município. “Agora, com as estufas, os agricultores familiares do Nova Itamarati não vão ficar à mercê da sazonalidade e poderão produzir durante todo o ano. Além da merenda escolar, eles também têm quatro pontos de vendas dos seus produtos orgânicos na zona urbana de Ponta Porã e isso faz muita diferença para as 3,8 mil pessoas que moram no distrito”, ressaltou.

Assessoria de Imprensa Senadora Soraya Thronicke

Deixe uma resposta